Lula Regulariza a Profissão Mototaxi

Os moto taxistas antigamente não tinham muitas regras e nem era considerado uma profissão. Agora tudo se modificou. Veja.

Lula regulariza a profissão mototaxi

Os moto taxistas sempre precisaram de uma regulamentação do governo que ajudassem os a legalizar a lei para profissão de moto taxi. Muitas pessoas trabalham como moto taxi em todo o país, porém não tinham uma profissão, pois isso não era considerada como tal. E foi no ano de 2009, no governo Lula que houve a regularização da profissão. No ano de 2009 o número chegava a 500 mil profissionais na área em aproximadamente 3.500 municípios.

                       

O problema enfrentado com os motoboys

O problema enfrentado com as pessoas que seguem essa profissão é devido a velocidade que eles percorrem os seus trajetos. Isso ocasiona em muitos acidentes de trânsito que não deveriam acontecer e com isso acabam sendo responsáveis por muitos acidentes. E com tantos acidentes e até mesmo como um setor de trabalho para estes profissionais a saída foi a legalização da profissão.

Algumas informações

– Para exercer a profissão é preciso que o individuo tenha vinte e um anos completos.;

– Não basta ter a habilitação para fazer parte da profissão, precisa ter ao menos dois anos de experiência;

– O colete que possui o dispositivo refletor é preciso ser utilizado como marca de que faz parte da profissão e também para evitar inúmeros acidentes, alem de uma forma de segurança;

– E para dar ainda mais segurança é preciso passar por um curso especializado que vai de acordo com as regras do Contran (Conselho Nacional de Trânsito);

– A lei obriga que os motociclistas utilizem os equipamentos de segurança necessários como o capacete que é primordial, a antena que corda linha de pipa, já que atualmente é muito comum o uso do cerol e que pode cortar facilmente a pele e ainda a proteção chamada de mata cachorro que protege as pernas e também a moto e é um item indispensável para a segurança em caso de acidentes;

– O transporte de cargas que sejam inflamáveis não podem ser carregadas por motociclistas, tóxicos também não. Mas vale lembrar que o gás de cozinha e água estão liberados como sempre foram, mas é necessário o “side-car”.

Ajustando se as regras

Quando a lei foi vigorada, isso no dia 29/07/2009, os motociclistas tiveram 365 dias, ou seja, um ano para se adaptar as novas regras. Agora os que não estiverem de acordo com elas poderão ser multados e ter seus veículos apreendidos dependendo da situação.

0 votes
Tweet

Tweetar
Share on Tumblr


Fabiano
05/08/09


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook