Duração da licença maternidade?

A Licença Maternidade é um direito de todas as mulheres no trabalho quando seus filhos nascem para ter seus primeiros cuidados em família.

Com este direito adquirido as mamães podem se sentir mais confortáveis após o parto.

Uma Licença Essencial

Existem leis e licenças que são indispensáveis no nosso cotidiano, não há como negar que a maioria das pessoas acaba se encontrando em situações parecidas de necessidade destas mesmas, ou seja, só assim percebemos o quão importante elas são e o quanto influenciam o nosso dia a dia. A duração da licença a maternidade e de 4 a 6 meses.

A Licença Maternidade é uma das mais providenciais na vida de uma mulher e também de uma família, curtir o seu filho que acabou de nascer e poder se recuperar de uma gestação que exige muito do corpo e do psicológico feminino é importante para que o desenvolvimento inicial desta criança possa ser de total capacidade ativa e de um amor que não terá tamanho. A licença tem duração de 4 a 6 meses.

Mais sobre duração da licença maternidade?

Duração da licença maternidade 4

Diante de tudo isto, temos que a Licença Maternidade, antes da Lei 11.770 de 09 de setembro de 2009 ser colocada em prática, já havia muitas especulações de que isto deveria se tornar algo oficial, pois, muitas mamães que acabavam de ganhar seus filhos tinham que conviver com eles por menos tempo do que o esperado, muitas empresas até eram de bom coração e davam dias extras, mais nada que a fosse por Lei.

Isto tudo causou um determinado rebuliço entre o Brasil inteiro, ganhando uma força estrondosa e partindo para o lado mais humanitário, de que uma mãe depois de uma gestão tão forte deveria se fortalecer ainda mais neste período que sucede a gestação, dando maior credibilidade a amamentação, ao carinho, a união da família, aos novos aprendizados e claro, ao contato com esta criança, Por esse motivo resolveram estender sua duração para seis meses.

Qual é a sua Duração?

Duração da licença maternidade 3

A Licença Maternidade fez com que muitas mulheres se sentissem mais seguras para ter um filho, antigamente, muitas delas evitavam ter filhos pelo simples fato de carregarem consigo o medo de não ter tempo para cuidar da criança ainda recém-nascida por culpa do trabalho e da volta, então, com a chegada desta nova lei, a vida das mulheres se tornou ainda mais fácil e fez com que as crianças recém-nascidas tivessem um contato maior com suas famílias de uma maneira despreocupada.

A Lei que sancionou a Licença Maternidade fez com que as mulheres tivessem um período com mais duração, agora de 180 dias, o que equivale a 6 meses do ano, antes da lei chegar a este nível, a quantidade de dias chegava somente a 120, porém, depois de muito se estudar nas possibilidades, as mães ganharam este privilégio e tiveram a oportunidade de ficar dias a mais em casa cuidando e tendo o filho só para si.

Este tipo de Lei é fundamental para o Brasil e para a formação de crianças quando se aproximam no período de 1 ano, é correto afirmar que recém-nascidos não têm noção do que acontece com eles, porém, o sentimento de estar com a mãe é inconfundível e o período de 180 é suficiente para que estes primeiros 6 meses sejam perfeitos para o bebê e para toda a família ficar mais unida.

Licença Maternidade

25/10 por Fabiano

   



Mais informações por email

Comentar