Conhecer o Parque do Ibirapuera em SP


 

O parque do Ibirapuera, para quem não sabe no lugar em que se encontra hoje antes da colonização e até certo tempo depois no decorrer desse período, ali se concentrava uma parte de uma aldeia indígena e após esse tempo acabar, o local passou a ser uma área com chácaras e uma grande concentração de pastagens, daí surge o nome de Ibirapuera que como percebemos tem uma origem tupi e significa “arvore podre ou pau podre”, ou seja, o que já não existe mais.

O parque hoje é o mais famoso da cidade de São Paulo e sua “construção” começou com uma idéia do então prefeito da cidade José Pires do Rio que projetou em sua cabeça a vontade de tornar aquele local um parque semelhante aos parques que encontramos em Londres, Paris e Nova York, mas a sua idéia não foi possível devido à área ser alagada, no entanto nem tudo estava perdido, um funcionário da prefeitura chamado Manuel Lopes de Oliveira mais conhecido como Manequinho Lopes e que por sinal adorava plantas decidiu então começar a sua plantação de eucalipto australiano e como essa ação o solo ia sendo drenado a fim de eliminar a umidade excessiva presente no local.

Mas foi só no ano de 1920 que a obra começou a “caminhar” com o governo de Luiz Nogueira Garcez que instituiu uma comissão onde estavam presentes os representantes dos setores públicos mais poderosos e da iniciativa privada e a obra ficou nas mãos de Oscar Niemeyer que ficou responsável pelo projeto arquitetônico do local e Roberto Burle Marx que cuidou as parte do paisagismo, obra esta que nunca foi executada, sendo, portanto construído o projeto de Otavio Augusto Teixeira Mendes, um engenheiro agrônomo.

O parque está localizado no bairro Moema na cidade São Paulo e está entre as Avenidas Vinte Três de Maio, Quarto Centenário, Republica do Líbano, Pedro Álvares Cabral.
Vale a pena ir conferir toda essa historia bem de perto e adquirir mais informações sobre o assunto.

GD Star Rating
loading...
Tweet

Comentar
Tweetar
Share on Tumblr



 



Tags: , , ,

Mais informações por email

Deixe uma resposta