Compras de Natal

Natal chegando e já iniciamos nossos gastos com a compra para presentar quem gostamos só devemos tomar cuidados para não extrapolar.

 
Comentar
Tweetar
Share on Tumblr

O Natal é uma época em que tudo se torna mais bonito, embora pareça metafórico, as famílias se desdobram no orçamento de fim de ano somente para poder dar um presente melhor para cada membro da família. Algumas famílias ainda utilizam táticas antigas de colocarem presentes embaixo da árvore de natal e vestir um “tio” da família de Papai Noel só para fazer a alegria da criançada.

Os presentes são o alvo maior de toda esta festa, embora as famílias sejam cada vez mais unidas e compartilhem momentos únicos entre si, as crianças procuram mesmo os presentes. Meninos adoram os carrinhos, peões e bolas de futebol, já as meninas preferem as bonecas, os kits de maquiagens e lacinhos de cabelo. Contudo, a festa é garantida quando os presentes são comprados com antecedência, onde as famílias fazem o temido suspense para as suas crianças que se divertem esperando pelos seus presentes. Hoje em dia é tudo muito mais exigente com relação ao gosto das crianças, tudo é mais sofisticados e nenhuma delas quer só uma boneca ou só um carrinho, elas querem coisas de valor como um celular, um iPad ou um computador.

As lojas hoje também cativam em dobro os pais a comprarem estas tecnologias de computadores, celulares, etc. Varias promoções deixam os papais e mamães com inveja das próprias crianças, que passam a se sentirem muito mais “adultas” quando recebem presentes do gênero. Embora estes presentes sejam sofisticados, algumas crianças tradicionais ainda preferem ganhar uma viagem com os pais, ou, dependendo da idade, com alguns amigos, afinal, dezembro é época de viajar e conhecer coisas novas a todo o momento. As fases do jovem também definem seu gosto nos presentes de Natal, muito varia de suas perspectivas de vida e também de seus custos mensais, por exemplo, se uma criança que é de classe média baixa quiser um presente caríssimo terá que se comportar o ano inteiro, economizar nas coisas que faz e manter uma boa posição diante dos pais, já as crianças e adolescentes de classe média alta, fazem tudo o ano inteiro já pensando no que vão ganhar, pois tratam aquilo com mais certeza, dando assim, mais diferença estre as classes sociais.

Embora cada um tenha um jeito diferente, é possível afirmar que as lojas e os locais de compra em geral atendem bem as perspectivas de cada um que procura. Sejam no shopping, no centro da cidade ou em lojas de familiares, com buscas baseadas em roupas, calçados, computadores, videogames, televisões, brinquedos, bicicletas, entre outros, as buscas nos meses de novembro e dezembro são intensas. Para os pais que possuem mais de um filho com menos de 12 anos, ainda tem que arcar com o compromisso de comprar o presente do “Dia das Crianças” no dia 12 de outubro, concluindo uma sequência de outubro, novembro e dezembro de buscas por coisas que vão presentear seus filhos. Os presentes variam cada vez mais de departamento, alguns preferem ganhar os presentes só em janeiro, já que esta tudo em liquidação de começo de ano e podem escolher por coisas um pouco mais caras.

GD Star Rating
loading...
Tweet

Comentar
Tweetar
Share on Tumblr

 

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook