Cirurgia de Otoplastia pré e pós operatório

De adeus as orelhas proeminentes ou orelhas de abano. Conheça a cirurgia de Otoplastia e deixe de lado a vergonha de mostrar as orelhas.

Para quem sofre com as orelhinhas proeminente ou mais conhecida como orelhas de abano, saiba que há solução para os seus problemas.

A cirurgia de otoplastia é indicada para pessoas que nascem com as orelhas mal formadas, ou seja, um formato diferente do normal, com as bordas distanciadas da cabeça que dá a impressão de que as orelhas são maiores.


Mais sobre cirurgia de Otoplastia pré e pós operatório

Em casos como esses também há também o apagamento da anti-hélice que é aquela dobrinha interna na orelha.

A cirurgia faz essas correções, diminui a distância da orelha com o couro cabeludo, deixando a orelha com um aspecto mais natural, sem a aparência de abano.

Idade ideal para fazer a cirurgia

A idade ideal é a partir dos seis anos de idade, pois nessa idade a orelha já está totalmente formada e com o tamanho adulto. Sem falar que a criança já iniciou o período escolar e o fato da orelha ser grande, a criança pode ser motivo de gozação entre os colegas.


Como funciona a cirurgia

O paciente passará por uma consulta inicial, onde será submetido a alguns exames de sangue e coagulo. Logo depois, a consulta será marcada.

A cirurgia pode ser ambulatorial ou no centro cirúrgico, depende do tipo de anestesia e da idade do paciente.


Crianças de 6 a 12 anos, a anestesia é geral e a cirurgia é realizada no centro cirúrgico. O paciente fica internado de um a dois dias para a total recuperação.

Adolescentes e adultos a partir dos 13 anos já recebem a anestesia local, pode ser com ou sem sedação. O paciente recebe alta no mesmo dia da internação.

Os pacientes saem da cirurgia com um curativo compressivo, para estancar o sangue. Esse curativo deve ser retirado depois de dois dias.


Pós-operatório

Deve-se tomar o máximo de cuidado com traumas, batidas, tapas e principalmente dormir sobre a orelha. Para que isso não aconteça, é recomendado o uso de uma faixa elástica, aquelas de cabelo, para manter a orelha imobilizada junto da cabeça e para evitar que a mesma se dobre ao dormir.

O tempo de uso dessa faixa vai de cada médico, mas geralmente é usada por um mês direto e mais três meses para dormir, pois o tempo de cicatrização completa, demora cerca de três meses.


Cuidados com o pós-operatório

01- Os pontos devem ser lavados com água e sabão.
02- Deve-se usar uma pomada cicatrizante recomendada pelo seu médico
03- O uso da faixa é indispensável durante um mês direto e três meses para dormir.
04- Não durma sobre a orelha, durma de barriga para cima. Se preferir, use uma almofada especifica para conseguir dormir de lado sem machucar a orelha. A almofada pode ser encontrada no site da Imaginarium.

Resultado final

Depois da retirada do curativo, já dá pra ver 80% do resultado. Depois de três meses é que pode ser visto o resultado final.

Complicações na cirurgia

Geralmente não há complicações, por ser uma cirurgia simples, mas não podemos dispensar totalmente esse tópico, pois pode haver hematomas, infecções, cicatriz hipertrófica, problemas anestésicos, abertura da sutura ou até casos de queloide, mas isso só acontece se os cuidados com o pós-operatório não forem seguidos à risca.

23/07 por Fabiano

Compartilhar

 

Veja também

Promoções oi pré-pago

Casas pré fabricadas concreto

Período Pós-Parto

Valor de uma cirurgia plástica